I pronomi diretti e indiretti
Os pronomes oblíquos são os que na frase exercem função complementar, isto é, são os que têm por função representar o complemento do verbo e dependendo da função deles, podem ser subdivisos em:

 Pronome objeto direto
 Pronome objeto indireto

 Pronome reflexivo
Mi hanno mandato via.
Mandaram-me embora.
Ci hanno detto molte cose.
Disseram-nos muitas coisas.
Mi sono ferito.
Eu me feri.

As principais diferenças entre as duas línguas são:

 Na língua italiana o pronome:

Na língua portuguêsa o pronome:
-atono normalmente antecede o verbo;   -pode anteceder o verbo;  
-tônico segue o verbo mas sem hífen e nos casos que se une ao verbo o faz sempre sem hífen;   -segue o verbo unendo-se ao verbo com o hífen;  
-pode iniciar uma frase;   -não pode iniciar uma frase;  
O pronome atono segue o verbo quando na frase usam-se os verbos modais e o modo imperativo (IIª pessoa sing. e plural). Veja os exemplos:
Hanno dovuto mandarmi via.  Perché non hanno voluto raccontarmelo? 
Dicci la verita! mas Ci dica la verità! Muovetevi! mas Si muovano!
Os pronomes "ci" e "ne" tem varias funções que correspondem ao pronome oblíquo.
Além disso na língua italiana são muito usadas as combinações pronominais que na língua brasileira são uma raridade!
Ho dato il libro a Pietro. » Gliel'ho dato.  Perché non me l'hanno raccontato?
Dei a Pedro o livro. » Dei-lho. Por que não mo contaram?